quinta-feira, 16 de junho de 2016

GOLPE: ANTOLOGIA MANIFESTO

Terceiro mês,
Ano I do Golpe de Estado: ditadura de Michel Temer

 
Capa de Rodrigo Sommer para a antologia

Obviamente, os escritores não ficaremos calados em meio à destruição da democracia por um bando de ratos, sejam eles do tipo executivo, empresarial, legislativo, midiático ou togado. 

Vamos caçar esses ratos.

A primeira resposta coletiva vem na forma de GOLPE: ANTOLOGIA MANIFESTO, organizada por Ana Rüsche, Carla Kinzo, Lilian Aquino e Stefanni Marion, com a participação de 120 escritores & artistas, incluindo este Demônio que vos escreve.

Link do Suplemento Pernambuco que divulga a obra + info. abaixo:

Trechos da antologia:



GOLPE: antologia-manifesto
120 artistas reunidos num uníssono #foratemer!

Artistas das sete artes e das muitas outras - literatura, cinema, dramaturgia, teatro, música, quadrinhos, artes plásticas - produziram e cederam obras especialmente para "GOLPE: antologia-manifesto".

Certos de que a arte é uma das mais intensas formas de resistência, os poetas Ana Rüsche, Carla Kinzo, Lilian Aquino e Stefanni Marion decidiram organizar a coletânea como forma de protesto, reunindo os simultâneos murmúrios descontentes, que agora ganham projeção, força e se transmutam num grito de repúdio ao governo interino em exercício.

Em poucos dias, receberam contribuições entusiasmadas! Incluindo a valiosa ajuda de pessoas para revisar e diagramar. O resultado é uma publicação eletrônica, pensada para ser distribuída gratuitamente pela internet e alcançar pessoas nos lugares mais distantes do planeta!


Lançamento na internet: dia 17/06, sexta-feira

Lançamento no OcupaFunarte em São Paulo: dia 19/06, domingo, a partir das 16h
Al. Nothmann, n. 1058, Estação Santa Cecília do metrô
Haverá leituras, participe!


ARTISTAS PARTICIPANTES

adriano de almeida | ale safra | alessa menezes | alessandra e verônica cestac | alexandre willer melo | alfredo fressia | ana elisa ribeiro | ana estaregui | ana rüsche | andré dahmer | andré vallias | andréa catrópa | andrea del fuego | anita deak | annita costa malufe | beatriz seigner | bruna beber | bruno zeni | caco ishak | caco pontes | caetano gotardo | caetano grippo | carla kinzo | carol rodrigues | charles marlon | claudinei vieira | claudio daniel | dan nakagawa | daniel minchoni | denise bottmann | denise sintani | diana de hollanda | diego carvalho sá | diego vinhas | dirceu villa | donny correia | edson cruz | edson valente | eduardo lacerda | ellen maria | elvira vigna | eric novello | fabiana faleiros | flávio caamaña | francesca cricelli | frederico barbosa | gabriela amaral almeida | gregório duvivier | gustavo nagib | heitor ferraz | helena ignez | isabela noronha | jéssica balbino | joão gomes | joão paulo cuenca | jr. bellé | julián fuks | juliana calderón | juliana cordaro | karine kelly pereira | laerte | leonardo costa | leonardo mathias | letícia novaes | lilian aquino | lineker | luana vignon | lubi prates | luiz ruffato | luiza romão | maeve jinkings | maiara gouveia | maíra mendes galvão | manoel herzog | manoel quitério | manu maltez | marcelino freire | marcelo ariel | márcia denser | marcia tiburi | marcílio godoi | marco dutra | marcos gomes | marcos siscar | maria clara escobar | maria giulia pinheiro | mariano marovatto | meire oliveira | mel duarte | michele santos | micheliny verunschk | nicolas behr | noemi jaffe | odyr | pádua fernandes | paula fábrio | paulo ferraz | pedro tierra | pedro tostes | priscila gontijo | rafael rocha daud | regina azevedo | renan nuernberger | renan quinalha | reynaldo damazio | ricardo escudeiro | ricardo lisias | ronaldo bressane | sheyla smanioto | shiko | stefanni marion | tarso de melo | tatá aeroplano | tatiana salem levy | thelma guedes | thiago mattos | tony monti | tula pilar | vanderley mendonça | verônica stigger

***
O Bom de Bico

E mais: o Bom de Bico tem toda a razão, cutucado por seu colaborador (imaginário?), o Relativista. Aqui:

Um comentário:

Adriano de Almeida disse...

E não é que nos encontramos novamente?
Saudações libertárias!
Adriano de Almeida.