terça-feira, 26 de junho de 2007

Il Teatro alla Moda


Benedetto Marcello, músico, autor de um dos mais belos concertos já escritos para oboé, escreveu um texto espirituoso sobre música, chamado Il Teatro alla Moda (1720), de onde pesco este trecho sarcástico. Estará falando do libretista, mas vale para os poetas:

In primo luogo non dovrà il Poeta moderno aver letti, né leggere mai gli Autori antichi Latini o Greci. Imperciocché nemmeno gli antichi Greci o Latini hanno mai letto i moderni.

“Em primeiro lugar não deverá o Poeta moderno ter lido, nem ler jamais os Autores antigos Latinos ou Gregos. Mesmo porque sequer os antigos Gregos ou Latinos chegaram a ler os modernos.”

2 comentários:

Rodrigo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
paulo de toledo disse...

legal essa!
mas, se os antigos realmente não podem ler os hodiernos, estes, mesmo que inconscientemente, sempre acabam lendo os antigos. obviamente, desde que estes antigos, hoje, estejam de alguma forma presentes e vivos na CULTURA.
abrações