quinta-feira, 17 de maio de 2007

O Massacre do Serra


A página da UOL de anteontem estava muito interessante, pelo seguinte: de tempos em tempos, via-se a cara do governador José Serra fazendo mira com uma arma direto para a câmera do fotógrafo.

Sei que qualquer comentário é dispensável tendo a imagem, mas eu sou apenas um alinhavador de palavras, nota bene.

Havia um prazer mórbido no rosto dele, um desejo de matar bem mais sutil que o do Charles Bronson, que era capaz de utilizar uma bazuca dentro de um apartamento.

Não, o governador Serra apontava para a USP, a Universidade de São Paulo, e as seguintes palavras se desenhavam no recorte assustador de sua boca: "Hehehehehe, morram, morram, morram".

Serra parece que vai ser a versão política de um massacre universitário.

Um comentário:

Os Sete Novos disse...

Mister Villa, entraste para o mundo do blog!

Nós também!

abraços, caríssimo!

Mariano