sábado, 25 de setembro de 2010

CHARLOTTE GAINSBOURG . IRM


Terceiro disco de Charlotte Gainsbourg, IRM, de 2009 (em parceria com Beck), é algo a se ouvir: ou seja, ela não sai por aí apenas barbarizando como no Antichrist do Lars von Trier, nem é aquela manjada caricatura da "cantriz": é ouvi-la cantando "in the end", par exemple.

Herdou coisas boas, a gente percebe, dos pais Serge Gainsbourg & Jane Birkin.

E Beck curiosamente soa como David Bowie na desde já obrigatória "heaven can wait".

Disco redondo.

2 comentários:

Narjara Olivié disse...

Onde encontro tuas obras?
Nas melhores livrarias da cidade?
Uma pena que na cidade em que atualmente sobrevivo se tenha sequer livrarias, momento transtório, diga-se de passagem.
Nota - Deveras interessante sua resposta ao Sr. Cleiton, sr. D.
Ele perguntou o que todos os poetas, como você, odeiam responder, não é mesmo?! rs.
Enfadonho, aborrecido, tedioso, entediante, ou seja, sacal.

visite-me.


Ah! se pra você Quental é Re(quental) imagino o que dirá de Flor Bela... rs.

Dirceu Villa disse...

Na verdade, Narjara, gostei muito das perguntas q Sr. Cleiton me fez. Talvez o q o tenha levado a fazê-las tenha sido um aborrecimento durante a leitura, mas as perguntas foram boas do mesmo jeito.

Não me incomoda responder pergunta alguma sobre literatura ou la poésie, mas o fato é q: aquelas perguntas de 1 milhão de dólares têm resposta, mas elas não virão num comprimido, & certamente não serei eu a explicar a minha própria poesia (me parece um atentado contra a natureza das coisas).

Re./livros de poemas: talvez dois dos meus livros (Descort e Icterofagia) se achem nas melhores livrarias, mas as melhores livrarias escondem a estante de poesia, essa coisa embaraçosa. De modo q pode dar trabalho achá-los.

Uma cidade sem livrarias. É o pesadelo borgiano.

Florbela Espanca tem um nome tão confuso q nem seria possível acrescentar uma tirada.

Achava - antes de conhecer a obra & ler sobre Florbela - q se tratava do pseudônimo de uma autora de poesia erótica sobre masturbação. Veja como são as coisas neste mundo.

Ta, ta,

D.