quinta-feira, 1 de setembro de 2011

LUSTRA, de EZRA POUND (enfim)

Minha tradução de Lustra, de Ezra Pound, pelo selo Demônio Negro, da editora Annablume.

Precisava escrever outras coisas aqui, após tanto tempo, mas o que segue se impõe agora: o livro acima, pronto, finalmente chegou às livrarias & está disponível para compra no site da editora Annablume.

Trata-se da minha tradução para o português, em versos, do livro de poemas Lustra (1916), de Ezra Pound. É a primeira completa em língua portuguesa, que eu saiba.

Escrevo também uma introdução para esclarecer o lugar desse volume na obra do poeta (no período em q surge, também) & escrevi notas aos poemas para aproximar o leitor que não percorreu a vasta literatura que Pound emprega em suas referências, citações, colagens, personae, etc.


É a edição mais completa de Lustra em qqer lugar do mundo.


E o livro significa o passo decisivo de Pound dentro do modernismo inglês, europeu & estadunidense. Formalmente variadíssimo que, indo do epigrama latino (e do verso livre & conversacional, baseado nos valores da prosa em verso), passando por textos de influência chinesa, chega também a poemas cuidadosamente sonoros, e personae maduras de poesia provençal, marcando assim um modo peculiar & muito influente de se compreender, poeticamente, parte da percepção então chamada moderna.


Traz o design gráfico absolutamente notável de Vanderley Mendonça, que já publicou na excelente coleção do selo Demônio Negro (meu primo, por sinal) livros de Joan Brossa, Sousândrade, Octavio Paz, entre outros. Em capa dura, recoberta de tecido, recupera com sutileza aspectos das edições inglesas históricas dos livros de Pound.

Agora tenho apenas de raspar a informação ao lado que diz que a tradução de Lustra permanece inédita. Não mais. E vem em texto bilíngüe & em um belíssimo volume, graças ao meu caro Vanderley.



Gaudete.

12 comentários:

Sidnei Xavier disse...

Meu caro Dirceu, parabéns por conseguir finalmente publicar seu trabalho, que acredito tenha sido exaustivo e prazeroso. Tenho certeza que a edição é exatamente como diz, além de saber que o selo diz por si mesmo. Votos de sucesso!! Sidnei

fantasiaexata disse...

De poesia, é talvez o lançamento do ano. Parabéns! - e valeu.

XOXÓ NO SEU FIOFÓ disse...

Beleza, Villa. Vou correr pra comprar agora.

Grande abraço!

Adriano de Almeida disse...

Finalmente, Villa! Parabéns!

Ivan Fornerón disse...

Parabéns pela publicação!
Li seu trabalho (a dissertação) logo depois que você defendeu. É excelente!

Saudações,

Ivan

Anderson Lucarezi disse...

comprei seu livro ontem. trabalho muito bem feito. parabéns.

Dirceu Villa disse...

Muito obrigado a todos.

Abraços,

D.

Murilo disse...

Ola,
Eu ainda consigo comprar? Nos locais em q tentei sempre me informam q esta esgotado...

Dirceu Villa disse...

É possível encontrá-lo com certeza, Murilo, ao menos em 1 lugar, o clube literário Hussardos, que fica no centro de São Paulo, Rua Araújo, 154, segundo andar.

Mais informações aqui:

http://www.hussardosclubeliterario.com/

e aqui:

https://pt-br.facebook.com/pages/Hussardos-Clube-Liter%C3%A1rio/791622577530347

Abraço,

D.

Murilo disse...

Muitissimo obrigado pela ajda!

Adri Silva disse...

Não encontro o livro em lugar algum :/
Procurei no site da Editora Annablume, mas também sem sucesso.

Dirceu Villa disse...

dear adri,

pelo que sei, há uns exemplares que custam os olhos da cara no
mercado livre & na estante virtual. mas aí é demais, n'est-ce pas?

você pode tentar aqui, talvez haja um exemplar do belo livro, ainda:

https://pt-br.facebook.com/LivrariaDemonioNegro/

d.